Maracá e Cunani: identidade amapaense vista pelos olhos da moda

Um show de grafismos, beleza e cor, foi marcado por mais um desfile realizado nesta sexta-feira 30 de novembro, na Praça do Empreendedor, trata-se da moda Maracá e Cunani. O objetivo da coleção foi mostrar a identidade do Amapá vista pelos os olhos da moda.

A empresa Pixê Artesanato e Moda Amazônica são especializadas na criação e produção de roupas que valorizam as referências culturais da Amazônia em especial do Amapá e Pará. As peças confeccionadas em chifon e seda possuem estampas exclusivas com temas ligados às civilizações Maracá e Cunani, e são trabalhadas com exclusividades, em sua maioria, utilizando tingimento e pintura artesanal.  

“Hoje estamos trabalhando o termo ‘Amapalidade’ como oportunidade de negócio, temos como exemplo a marca registrada Maracá e Cunani que estão sendo trabalhadas com características próprias do Estado, e por meio dessas peças estamos agregando valor na produção da moda com a cara do Amapá”, contribui o Presidente do Sebrae no Amapá, Alberto Góes.

O objetivo desses desfiles está ligado ao projeto Confecções na Região Urbana, que será implantado pelo Sebrae, em 2008. Este projeto está sendo apresentado desde o dia 26 de novembro, na 2ª Feira do Empreendedor.

CAIXA REDUZ TAXA DE OPERAÇÃO PARA COMEMORAR O DIA INTERNACIONAL DO DEFICIENTE

Em comemoração ao Dia Internacional do Deficiente, a Caixa Econômica Federal oferece até o dia 7 de dezembro taxa de operação reduzida para 1,49% ao mês, para a compra de bens e serviços vinculados à operação para pessoas com alguma necessidade especial.

A CAIXA criou e lançou em 01/10/07 o BCD CAIXA Viver Sem Limites, que financia a compra de equipamentos, bens e serviços úteis a pessoas com alguma deficiência. Pela linha de crédito é possível adquirir prótese, aparelho ortopédico, cadeira de roda, cadeira para banho, aparelho auditivo, impressora em Braille, cama motorizada, inalador, andador, calculadora especial, relógio em Braille e falado, teclado especial, adaptação de veículos, entre outros, além da prestação de serviços.  

Esta modalidade permite o financiamento de até 100% do valor do bem, com preço mínimo de R$ 500 e máximo de R$ 10 mil. O pagamento pode ser feito em até 24 meses, com taxa de juros de 1,96% ao mês. “Para obter o empréstimo não é necessário comprovar necessidade especial. O crédito será liberado mediante apresentação de Nota Fiscal emitida em nome do tomador do crédito, que a seu critério, pode destinar o equipamento a terceiros”, explica o vice-presidente de Pessoa Física da CAIXA, Fábio Lenza.

COMO FUNCIONA 

Para obter crédito pela linha BCD CAIXA Viver sem Limites, o interessado será submetido à avaliação de risco de crédito e, depois de aprovado, deverá procurar o estabelecimento comercial de sua preferência para escolher o equipamento, bem ou serviço que deseja adquirir.

O financiamento será efetivado mediante a apresentação de Nota ou Cupom Fiscal emitido pelo estabelecimento. O valor líquido do financiamento será liberado por meio de crédito em conta corrente mantida na CAIXA, de titularidade da pessoa jurídica fornecedora/vendedora, ou por meio de emissão de cheque administrativo nominal à pessoa jurídica favorecida. 

As empresas de adaptação, concessionárias de automóveis e produtos ortopédicos também podem formalizar convênio com a CAIXA para facilitar o acesso do crédito ao cliente. Esta é uma ação que visa melhorar a inclusão de pessoas com deficiência na sociedade, facilitar e agilizar o atendimento. Para obter a assinatura deste convênio, as empresas devem se dirigir a uma agência da CAIXA.

Segundo o Censo Demográfico 2000, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil existem 24,5 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência.

Deu no blog do Renivaldo
Previsões 2007: Fiel comemora o título brasileiro

Depois da tempestade, a bonança. O Corinthians viveu um 2006 conturbado, com as saídas de seus principais jogadores e a chegada do técnico Emerson Leão, mas a Fiel vai ter muito o que comemorar em 2007. Segundo as previsões da taróloga Adriana Kastrup, o Timão será o campeão brasileiro.

"O São Paulo não será pentacampeão. Pelo que as cartas me mostram, o Corinthians vai ficar com o título. O ano todo vai ser muito bom para os corintianos" , disse Adriana.


***

A reportagem acima é de 31 de dezembro de 2006.

Pois é. Não sei se existe um Campeonato Brasileiro de Previsões, mas se existe, temos uma rebaixada.
 
Livro de Mônica Veloso não vende nem 10 cópias no lançamento

Na noite de autógrafos de seu livro de estréia, a jornalista Mônica Veloso atraiu mais os flashes dos fotógrafos que pessoas na fila atrás de uma dedicatória. E dos poucos potenciais leitores, a grande maioria era formada por amigos de sua assessora, Lu Barbosa.

Alçada à fama durante o turbilhão de denúncias que tirou Renan Calheiros da presidência do Senado (uma empreiteira teria pago a pensão para a filha extra-conjugal do senador alagoano com ela), Mônica lançou o livro "O Poder Que Seduz" em um restaurante de São Paulo.

A mais famosa entre os 180 convidados era Nani Venâncio, que não por acaso, é mais uma das clientes de Lu Barbosa, em uma lista que inclui também os cantores Roberto Leal e Oswaldo Montenegro. Apesar da saia justa, a assessora só ficou decepcionada com a falta do convidado Pelé. "Ele está viajando, não pôde vir", disse.

Menos de dez livros foram vendidos no evento.


***

Eu não entendo muito dessas coisas, mas acho que um fiasco assim deve comprometer seriamente a vaga que a Academia Brasileira de Letras estava guardando para a moça, né não?
Livro ‘Mulheres de Negócios do Amapá’ lançado na 2ª Feira do Empreendedor

A 2ª Feira do Empreendedor foi palco do lançamento do livro, ‘Histórias de Sucesso Mulheres de Negócios do Amapá’. O evento aconteceu na Praça do Empreendedor, no último dia de Feira, 2 de dezembro. 

O livro conta a história de 12 mulheres empreendedoras que chegaram a final da etapa estadual, no ciclo de 2006. A publicação objetiva retratar a vida dessas mulheres que foram capazes de sonhar e transformar o sonho em realidade, exemplo verdadeiro de determinação, criatividade e talento.

O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios tem apoio da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e Federação das Associações das Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil. 

No lançamento do livro estiveram presentes as 12 finalistas ao prêmio do ano 2006, são elas: Doriana Oliveira Tolosa, da empresa Doriana Cabeleira, vencedora da etapa estadual; na categoria proprietária de micro e pequena empresa; Maria Raquel Gomes Melo, da empresa Despertando para a Vida; vencedora da categoria Grupo de Produção Formal, Associação e Cooperativa; Maria de Perpétuo Socorro Azevedo Pereira, da empresa Divina Arte; Constância Maria Portela Neves, da Arrazo Calçados; Vilva Servat, da empresa V. Servat Contabilidade; Ana Lúcia Silva Amaral, do empreendimento Mercantil Quase Tudo; Maria do Socorro Carmo Leite, da Astracime; Maira Mary Rodrigues da Silva, da empresa Mary Bijuteria; Ascenção Maria Fonseca, da Escola Ana Nery; Raimunda Gracideth Assunção Espíndola, Auto Escola São Cristóvão; Antônia de Queiroz Magalhães, Ele Ela Modas; e Dayane Alcolumbre Bastos da Empresa Companhia do Corpo.     

Maria Raquel, vencedora da etapa estadual Associação e Cooperativa agradeceu a equipe do Sebrae pelo apoio e dedicação na realização deste evento voltado para as mulheres. “Este prêmio que o Sebrae realiza é uma oportunidade única na vida de cada mulher que lutou e conquistou um negócio, hoje podemos dizer que temos um retrato que conta um pouquinho da nossa historia de vida, e que vai servir de exemplos para outras pessoas que queiram montar um negócio”, disse.

Sucesso na 2ª Feira do Empreendedor é garantido pela organização

A 44ª Expofeira do Amapá e 2ª Feira do Empreendedor chega ao fim após nove dias de avento. A equipe de organização, chefiada pelo técnico do Sebrae, Marcelo Bernardo, trabalhou continuamente durante 33 dias para deixar tudo pronto durante o período dos eventos, realizados de 24 de novembro a 2 de dezembro. Marcelo Medeiros, Isaac Andrade, Vanusa Colares, George Almeida e Fabrício Andrade compuseram a equipe de trabalho das feiras.

O resultado das atividades desenvolvidas pela equipe foi avaliado como bem sucedido e deixou tudo pronto para que o público presente não tivesse nenhum tipo de problema relacionado ao acesso ao Parque de Exposição da Fazendinha e comodidade no local do evento. “Eu acredito que todos aqueles que passaram por aqui tiveram a oportunidades de ter um espaço muito mais organizado para que todo mundo pudesse ter facilidade em transitar nos espaços, acesso a oportunidades de negócios e entretenimento”, disse Marcelo Bernardo. 

Os integrantes foram divididos em duas frentes de trabalho. Uma ficou responsável pelo trabalho dentro do Sebrae, cuidando da parte administrativa e burocrática, e a outra parte, concentrou as forças na organização estrutural das feiras. A partir do momento em que tudo ficou definido, as atenções ficaram voltadas para a área do Parque de Exposições da Fazendinha.

Bernardo destaca a experiência do grupo como ponto principal para o sucesso dos trabalhos. “Muitos têm experiências em feiras de grande, médio e pequeno porte em eventos realizados pelo Sebrae no Amapá. Nós utilizamos esses conhecimentos para que houvesse a produtividade necessária na realização do evento”, disse. A avaliação da equipe é positiva. “Apesar dos contínuos e cansativos dias de trabalho para a preparação das licitações, contratações e execução dos eventos, tudo saiu dentro do previsto”, avaliou Bernardo.

A poesia da Amazônia no Maior Encontro da Música Brasileira no Meio do Mundo
O poeta amazonense Thiago de Mello é a mais recente confirmação de participação no Maior Encontro da Música Brasileira no Meio do Mundo, que vai marcar os 50 anos dos músicos e também poetas Joãosinho Gomes e Val Milhomem, no próximo dia 13, na Fortaleza de São José de Macapá. A presença do poeta entre os 50 convidados que vêm cantar as canções de Joãosinho e Val promete ser um dos momentos marcantes do show. Seu poema Os Estatutos do Homem, escrito em Santiago do Chile, em 1964, mereceu elogios do poeta chileno Pablo Neruda. Foi traduzido para mais de cem línguas, consagrou-se como um dos mais conhecidos da literatura brasileira e deverá continuar atual para além deste século. O livro Os Estatutos do Homem, que traz o poema com 14 artigos, tem ilustrações de Aldemir Martins. Faz Escuro, mas eu Canto; A Canção do Amor Armado; Horóscopo para os que estão vivos; Poesia Comprometida com a minha e a tua Vida e Mormaço na Floresta estão entre os livros mais conhecidos de Thiago de Mello.
 
O show de comemoração dos 50 anos de Joãosinho Gomes e Val Milhomem já tem a participação confirmada dos 50 artistas que vão cantar a música amazônica dos dois compositores. São eles: Chico César, Vital Lima, Sá e Guarabira, Flávio Venturini, Paulinho Moska, Lcy Brandão, Chimbinha, Cláudio Nucci, Celso Viáfora, Sebastião Tapajós, Eudes Fraga, Luhli e Lucina, Jane Dubos, Nilson Chaves, Jean Garfunkel, Eliakin Rufino, Célio Cruz, Lucinha Bastos, Marco Monteiro, Sérgio Souto, Marco André, Rafael Autério, Salomão Habib, Kim Marques, Edílson Moreno, Mário Moraes, Rafael Lima, Bado, Elton Ribeiro, Walter Freitas Trio Manari, Amadeu Cavalcante, Patrícia Bastos, Zé Miguel, Sambarte, Osmar Júnior, Marcelo Dias, Enrico Di Miceli, Ana Martel, Banda Zetta, Julielle, Negro de Nós, Hélder Brandão, Beto Oscar, Ronery, Grupo Pilão, Nivito, Rambolde Campos, Naldo Maranhão, Lula Jerônimo, Sabatião, Verônica dos Tambores, Bebeto Nandes, Raízes do Bolão, Mapyu e Os Cabuçus.
 
Os artistas estarão reunidos no Macapá Hotel no dia 13, às 10 horas da manhã, para uma entrevista coletiva. Os músicos da banda base estarão realizando os ensaios partir do dia 05, no estúdio da Banda Placa.
 
Ingresso: R$ 40 reais (estudantes com carteirinha pagam meia)
Locais de venda: Sorveteria Jesus de Nazaré e Banca do Dorimar
Telefones para informações adicionais: 8115-9776 e 9913-1818
Eletronorte adere campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher

Homens e mulheres da Eletronorte Amapá participam da Campanha do Laço Branco, dia 6 de dezembro, na mobilização mundial de homens pelo fim da violência contra as mulheres. A atividade começa às 07:30h, nesta quinta-feira, no portão do escritório central da empresa, no bairro Santa Rita (Antonio C. de Carvalho com Paraná), aproveitando o horário de chegada e a saída do ônibus que conduz as pessoas que trabalham em outras áreas, como a Usina Térmica de Santana. Às 14:30h, com transmissão por videoconferência para toda a Eletronorte, acontece a palestra Lei Maria da Penha, com a dra. Sandra Gomes Melo, direto do auditório da sede da empresa em Brasília.

A campanha 16 dias de ativismo é realizada desde 1991, em 135 países, e estabelece um elo simbólico entre violência contra as mulheres e direitos humanos, enfatizando o fortalecimento da auto-estima da mulher e seu empoderamento como condições para sair das situações de violência. Por essa razão, no Brasil, a Campanha adota como slogan Uma vida sem violência é um direito das mulheres! O tema central é a aplicação e implementação da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006), que cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra as mulheres. "Está na Lei! Exija seus Direitos. Lei Maria da Penha".

Em 1991, foi fundada no Canadá a White Ribbon Campaign. A Campanha foi criada a partir de um trágico episódio ocorrido na Escola Politécnica da Universidade de Montreal, em 06 de dezembro de 1989. Um homem entrou em uma sala de aula e pediu para que os homens da turma se retirassem. As quatorze mulheres que permaneceram foram mortas com tiros à queima roupa. Em seguida, suicidou-se. Em uma carta dizia que havia feito aquilo porque "não suportava a idéia de ver mulheres estudando engenharia, um curso, por tradição, dirigido exclusivamente aos homens". Desde então, grandes debates vêm sendo travados no mundo sobre questões relativas à violência de gênero.

No Brasil a Campanha 16 dias de ativismo começa mais cedo, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra. A Campanha mundial tem início em 25 e novembro, Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres, e se encerra em 10 de dezembro, Dia Mundial dos Direitos Humanos. Outras datas integram a Campanha Internacional: 1º de dezembro, Dia de Combate à Aids e o 6 de dezembro, data do Massacre de Mulheres de Montreal, que fundamenta a Campanha Mundial do Laço Branco e, no Brasil, a partir de 2007, Dia Nacional de Luta dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Mais informações acesse: www.agende.org.br/16dias

Pró-equidade - O diretor-presidente da Eletronorte, Carlos Nascimento, assinou, em 5 de novembro de 2005, o Termo de adesão da empresa ao Programa Federal Pró-Equidade de Gênero e apresentou o Plano de Ação com metas estabelecidas e, em dezembro de 2006, foi certificada com o "Selo Pró-Equidade de Gênero", reafirmando o compromisso com os objetivos do Programa no mundo do trabalho, como exemplos: contribuir para a eliminação de todas as formas de discriminação no acesso, remuneração, ascensão e permanência no emprega; conscientizar, sensibilizar empregadores e estimular práticas de gestão que promovam a igualdade de oportunidades entre homens e mulheres dentro da Eletronorte; criar a rede Pró-Equidade de Gênero.

Estudantes se unem no combate a dengue

Nesta quinta-feira (6), a partir das 8h30, estudantes das escolas municipais Professora Guita e Hildemar Maia, participam novamente das ações de um projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), que tem o objetivo de unir forças para reduzir o número de casos de dengue na capital, conscientizando as crianças quanto à necessidade de se manter os quintais e casas limpos, evitando a proliferação do mosquito transmissor.

Como parte da ação, os alunos, acompanhados por agentes de endemias, visitarão inúmeras residências e terrenos baldios dos bairros onde as escolas estão localizadas. Eles irão recolher recipientes, como vasos, garrafas, copos descartáveis e sacos plásticos, que serão levados até a lixeira pública de Macapá. “A intenção é fazer com que os alunos se tornem agentes transmissores de informações junto à família, fechando o cerco cada vez mais contra a dengue”, disse a coordenadora do projeto, Arlinda Ballarini.

De acordo com a coordenadora, além da comunidade estudantil, as visitas domiciliares serão intensificadas. “A eliminação do mosquito não depende apenas de ações promovidas nas escolas, órgãos estaduais ou municipais. É preciso que a população tenha consciência do problema e ajude a combater o mosquito”, comentou.

 

OBS: As autoridades, como o secretário municipal de Educação, Carlos Pimentel e o prefeito de Macapá, João Henrique Pimentel, estarão presentes na Escola Hildemar Maia, localizada na Av. Cônego Domingo, bairro do Trem. A Escola Professora Guita, fica localizada na avenida Antônio Coelho de Carvalho, esquina com a rua Leopoldo Machado.

Governo realiza cerimônia de entrega de Premiação do Projeto Prêmio Jovem Empreendedor

No dia 10 de dezembro, o Governo de Estado do Amapá – GEA por meio da Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo – Sete, realizará a cerimônia de premiação do Projeto Prêmio Jovem Empreendedor, no Teatro das Bacabeiras, às 15 horas, apresentando a sociedade amapaense a realização de mais um projeto de valorização da juventude amapaense.

 

O Projeto Prêmio Jovem Empreendedor tem como objetivo promover e inserir a comunidade estudantil em atividades empreendedoras, visando disseminar esta cultura dentro das escolas públicas estaduais de ensino médio, dos Municípios de Macapá e Santana.

 

O Projeto foi lançado no dia 29 de maio e mais de 650 (seiscentos e cinqüenta estudantes) com idades entre 16 e 26 anos, se inscreveram para participar do referido Prêmio, com a elaboração de um projeto que fosse inovador e viável ao mercado local.

 

Durante o processo de execução da ação foram classificados jovens para a etapa classificatória cujos critérios foram: a criatividade, viabilidade de mercado, fundamentação, aplicabilidade, coerência nas idéias e clareza na exposição do trabalho. Para última fase, foram selecionados 10 finalistas que receberão premiações: 1º lugar – R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos); 2ª lugar – R$ 3.200,00 (três mil e duzentos); 3ª lugar – R$ 3.000,00 (três mil) e os demais finalistas receberão o prêmio no valor de R$ 1.000,00 (mil reais), através de recursos financeiros em espécie.

REDE DA CAIXA RECEBEU MAIS DE 20 MILHÕES DE DECLARAÇÕES DE ISENTOS

Terminado o prazo de entrega da Declaração Anual de Isento do Imposto de Renda 2007, sexta-feira (30/11), as Lotéricas e os Correspondentes CAIXA AQUI receberam 20,15 milhões de formulários. Esse número corresponde a 30,38% do total de 66,31 milhões de declarações recebidas pela Receita Federal neste ano.  

Os contribuintes que perderam o prazo podem regularizar a prestação de contas na Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Correios, ao preço único de R$ 5,50. Basta ter em mão o CPF e o documento de identidade para regularizar a situação.

Quem não fizer a declaração corre o risco de ter o cadastro suspenso e ficar impedido de abrir empresa ou conta em banco, participar de concurso público, pedir crediário, alugar ou vender imóveis, receber benefícios da Previdência ou tirar passaporte.

Jurandil Juarez recebe prêmio de incentivo ao desenvolvimento sustentável

O deputado federal Jurandil Juarez (PMDB/AP) receberá o Prêmio de Destaque Nacional em Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social. A condecoração é concedida pelo Instituto Ambiental Biosfera e pelo Instituto Brasileiro de Estudos Especializados (Ibrae). A solenidade de entrega do diploma e da medalha será realizada na próxima sexta-feira, 7, em Belém (PA).

A premiação está sendo concedida com base em pesquisas de opinião pública realizadas nos Estados da região Norte. O deputado federal pelo Amapá Jurandil Juarez foi um dos nomes indicados como referência em ações e projetos de incentivo ao desenvolvimento sustentável e responsabilidade social.

"Não podemos fechar os olhos para a importância do desenvolvimento sustentável. Precisamos utilizar as fontes renováveis que a natureza nos oferece, mas também temos a obrigação de preservar os recursos naturais que temos. Isso é qualidade de vida", declara o parlamentar.

Talento amapaense - Juliele realiza show de lançamento do primeiro CD
A cantora amapaense Juliele Marques lança seu primeiro CD no próximo dia 11, a partir das 9 da noite, no Teatro das Bacabeiras. O show de lançamento do trabalho musical terá a participação de vários artistas.

         No repertório, composições de artistas consagrados como Joãosinho Gomes, Val Milhomem, Zé Miguel, Nivito Guedes, Fernando Canto, Celso Viáfora, Nilson Chaves, Ivan Lins, Vicente Barreto, Carlos Henri, Carlos Corrêa, Eudes Fraga, Marcos Quinan, Bárbara Rodrix e Léo Nogueira. São onze composições interpretadas pela cantora que, segundo os críticos, tem tudo para despontar no cenário nacional como a grande revelação musical do ano.

         O CD é uma mistura de ritmos que reúne samba, blues, brega e uma bela canção inédita de Joãosinho Gomes que retrata o regionalismo amazônico – “Canto dos Castanhais”, feita para identificar a cantora à região.

         A música carro-chefe é “Com a razão”, de Bárbara Rodrix. “Temos vários estilos devido o meu gosto ser diversificado. Os ritmos estão misturados. O CD é universal, mas não deixo de homenagear nossa querida Amazônia”, diz a cantora.

         Todo trabalho está sendo produzido por Celso Viáfora e Nilson Chaves. O projeto gráfico do CD está sob a responsabilidade de Elifas Andreato, produtor da revista Almanaque, um dos artistas plásticos mais conceituados do Brasil.

         Carreira – Juliele conta que o interesse pela música começou como uma brincadeira. “Meu irmão tocava violão e eu cantava nas rodadas em família. Foi assim que tudo começou”, lembra.

         O sonho da profissionalização e a gravação do primeiro CD se tornaram realidade com o apoio do marido Carlos Lobato e do incentivo de amigos como Celso Viáfora e Nilson Chaves. No início tudo foi muito difícil.

         Juliele se considera muito tímida. “Já cantei com Zé Miguel, Celso Viáfora e Nilson Chaves em Macapá e Belém. Sentia-me tímida, mas essa troca de energia com o público é fundamental, pois você ganha força, se sente pronta e se solta”, garante.

         O show terá a direção de Túlio Feliciano que já dirigiu Elis Regina, Zeca Pagodinho, Leila Pinheiro, Beth Carvalho, entre outros artistas famosos. Após o show em Macapá, Juliele tem espetáculos agendados para Belém, Rio de Janeiro e São Paulo.

         Para quem gosta de boa música, a pedida é imperdível. O show de Juliele é para cantar, encantar e emocionar corações.

III edição do Amapá Sabor, a delícia gastronômica do Amapá pronta para ser degustada

Neste final de semana, 8 e 9 de dezembro, das 19 horas até meia-noite, acontece na Fortaleza de São José de Macapá, a amostra gastronômica Amapá Sabor 2007, dando início, assim, ao III Festival de Gastronomia no Meio do Mundo. O evento tem como objetivo apresentar receitas inéditas de 22 restaurantes locais para um circuito gastronômico que segue até 31 de dezembro. 

A realização do Amapá Sabor 2007 busca o fortalecimento da gastronomia no Amapá, contribuindo para o desenvolvimento do Estado por meio de melhorias de qualidade de vida e geração de emprego e renda.

Segundo a técnica do Sebrae, Cristiane Juarez, “este festival é de grande relevância para o ambiente do turismo e para o cenário gastronômico como divulgador da culinária e da cultura gastronômica amapaense, aprimorando assim este importante elo na cadeia turística. O Festival Gastronômico do Meio do Mundo além de incrementar as vendas das micro e pequenas empresa (MPE) do setor, criará vínculo com seu público consumidor, incentivando-o a freqüentar seus estabelecimentos e a contratar seus serviços, trazendo crescimento econômico e social para o seu segmento e, conseqüentemente, para o Estado do Amapá”, destaca. 

Na amostra gastronômica, pequenas porções dos pratos inscritos no festival serão comercializadas ao preço de R$ 5 reais pratos. Haverá também várias atrações culturais.

No dia 8, sábado, estarão se apresentado no palco o cantor Marcelo Dias e a Banda Zeta, além do grupo de Marabaixo Afrobaracá. Dia 9, domingo, será a vez dos cantores Bebeto Nande e Nivito Guedes e, interagindo com o público, uma escola de samba local. 

Estão participando do festival os seguintes estabelecimentos com seus respectivos pratos: Bill-Burg Sanduíches (Filé de camarão com creme branco); Bolo & Companhia (Castanhola de maracujá); Buffet Le Royale (Pirarucu ao molho de camarão); Café Aymoré (Peito de tartaruga); Cantinho Baiano Restaurante (Peixe chiclete com banana); Casa da Pizza (Ravióli à moda do Amapá); Divina Gula (Trouxinha de panqueca de camarão); Dom Garcia (Risoto amapaense); Estaleiro Restaurante (Filé ao molho de mostarda); Kilos Churrascaria Santa Rita (Pirarucu no creme de cupuaçu); Mister Grill (Filé de filhote à chef Paulo); Pizza Mille (Mini calzone); Plutão Restaurante (Macarronada surpresa); Quilombo Cachaçaria (Camarão flambado na cachaça); Regini’s Buffet (Rocambole de abóbora recheado com camarão e queijo acompanhado com salada); Restaurante Divina Arte (Filé ao molho de manga com pimenta); Restaurante Sapucaia (Filhote ao molho de cupuaçu; Restaurante Sarney Lanches (Filé corcovado); SóAssados (Peixe à moda da casa); Tchoy Restaurante Oriental (Sabor do Amapá); Trapiche Restaurante (Pirarucu à portuguesa); Triunffu’s Buffet  (Escondidinho de camarão e abóbora).

O festival é coordenado pelo Sebrae com a parceria da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Governo do Estado do Amapá, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Serviço Social de Transporte/ Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat).

Democratas escolhe Davi Alcolumbre para representar partido em viagem internacional
O presidente do Diretório Regional dos Democratas no Amapá, Davi Alcolumbre, e outros sete parlamentares começarão na próxima sexta-feira (7) uma viagem pela Europa, com o objetivo conhecer o sistema da política municipal da Espanha e da Alemanha e o funcionamento do parlamento desses dois países.

Segundo o calendário da viagem, a delegação passará dois dias na Espanha, durante a qual reunirá com vice-prefeito da cidade de Madri, Manuel Cobo; com o ex-primeiro ministro espanhol, José María Aznar; e com a presidenta da Comunidade de Madri, Esperanza Aguirre, primeira mulher a presidir o Senado espanhol, além de ex- ministra da Educação e Cultura.

Na Alemanha, a comitiva verá a atuação, dentre outros temas, das gestões alemãs sobre a revitalização urbana, o meio ambiente e o tratamento de lixo. “Muito me felicita a decisão do partido em me escolher para compor o grupo e assim refletir sobre novas formas de administração”, comentou Alcolumbre, pré-candidato a prefeitura de Macapá em 2008.

A escolha dos parlamentares que compõem a comitiva foi feita pelo líder da Bancada dos Democratas, deputado Onyx Lorenzoni (RS), em conjunto com a Diretoria Executiva do Partido, que arcarão com os custos de hospedagem, transporte e alimentação. A viagem terá a duração de dez dias.

Programa de inclusão digital é levado à Expofeira

Durante esta semana mais de 50 crianças e adolescentes tiveram a oportunidade de desvendar o mundo da informática, e conhecer melhor as funções do computador. As atividades aconteceram no Parque de Exposições da Fazendinha e foram direcionadas aos moradores das proximidades da área.

O Projeto ABC digital é realizado pela Secretaria de Estado da Inclusão Mobilização Social-SIMS. E conta com um apoio especial para executar as atividades. Os acadêmicos de Redes da Faculdade Seama, eles atuam no monitoramento dos alunos atendidos pelo projeto.

O ABC Digital é regido pela Lei Estadual nº. 1002 de junho de 2006 e prevê a inclusão e alfabetização Tecnológica. “Queremos através do deste projeto dar às crianças a oportunidade de conhecer e usufruir da tecnologia para que desenvolvam suas habilidades e mais tarde façam parte do mercado de trabalho”, explica um dos coordenadores do projeto, Luiz Carlos.

Wesley Ribeiro e Anny Carolline são acadêmicos do curso de Redes da Faculdade Seama e estão atuando diretamente com o curso de informática. Ensinando a explorar as ferramentas disponíveis em programas e na web. Para eles não se trata apenas uma atividade de estágio mais de colaborar com a sociedade.

“Essa é uma grande experiência para nós estudantes, não apenas porque proporciona experiência ou porque se trata de uma atividade complementar, mas principalmente porque através desse estágio podemos participar da inclusão digital tão necessária em nosso estado”, explicam os acadêmicos.

A Arte na preparação de drinks
Apresentar alguns bares da noite amapaense e a arte da preparação de drinks é a proposta dos cursos de elaboração de bebidas ministrados na Feira do Empreendedor de 2007. Os visitantes podem conhecer a arte de preparar drinks e coquetéis, dos mais simples aos mais exóticos e sua influência na gastronomia amapaense. A elaboração dos drinks a partir da combinação de bebidas com dicas inéditas são abordados com propriedade ao longo dos dias da Feira.

Caipiroska de manjericão fronzen, Pina Colada e Nevada, Marguerita e El Diablo foram algumas das bebidas que puderam ser degustadas durante o evento. O espaço da “cozinha show” é utilizado para que os profissionais possam organizar as oficinas. A pequena empresária do segmento de lanches, Marta Figueira, disse que as oficinas podem auxiliar na ampliação dos serviços prestados pelo seu empreendimento.  

“Além dos lanches, eu estava pensando em começar a servir algumas bebidas. Inicialmente, seria um serviço discreto. Ainda estou pensando se será viável”, disse a empresária.  Despertar esse espírito é a proposta da Feira do Empreendedor, proporcionar idéias para o melhoramento de um empreendimento já constituído ou incentivar, por meio do painel de oportunidades de negócios, a abertura de novas empresas.

Seis bar mans mostraram a sua arte na preparação de bebidas ao longo da segunda edição da Feira do Empreendedor 2007. “Sempre admirei o trabalho desses profissionais. “Me inscrevi na oficina mais por curiosidade; mas, quem sabe eu faça algo parecido no futuro”, revelou a estudante Márcia Bezerra.

Amapá conhece os seus primeiros campeões de panificação
Depois de uma semana de competição, chegou ao fim o 1º Torneio de Panificação do Amapá. Padeiros e confeiteiros puseram a mão na massa por 42 horas. No total, 12 competidores tiveram seis horas diárias para mostrar o seu trabalho. Os vencedores foram: José Rodrigues Aroeira, na categoria de panificação, e Cícero Santos de Santana, na confeitaria. Ambos os competidores são funcionários da panificadora Nossa Senhora da Conceição.  

Uma panificadora se apresentava com uma equipe composta por um padeiro e um confeiteiro. Para sagrar-se campeão entre os padeiros, Aroeira teve que cumprir algumas tarefas. Os avaliadores cobravam a entrega no tempo determinado de 60 pães franceses, com peso final de 50g, 120 mini-pães com 25g, cinco baguetes recheadas de 35g e seis pães doces de 500g. Quesitos como sabor, consistência, textura, processo de manipulação e segurança no trabalho foram julgados e eram comuns nas duas categorias. Os competidores não podiam desperdiçar massa.

Cícero Santana teve que apresentar cinco tortas idênticas, cinco sobremesas também idênticas e 100 biscoitos pettifour. “Ser o primeiro campeão entre os confeiteiros do torneio de panificação fez com que eu me sentisse valorizado”, disse Santana. Com apenas três anos e meio de experiência no ramo, o fator determinante apontado pelo confeiteiro foi o amor à profissão. “As pessoas devem fazer o que gostam com amor. Só assim é possível fazer as coisas bem feitas”, disse o confeiteiro.  

Ao contrário do colega confeiteiro, o padeiro José Aroeira tem 28 anos de profissão e aponta a experiência como a sua principal arma para vencer a competição. “O tempo faz com que nós consigamos nos aperfeiçoar, saber a medida certa de ingredientes que compõem cada pão”, avaliou o padeiro. 

O presidente do Sindicato de Panificadores, Flávio Sena, avalia que essa primeira competição vai servir para incentivar os profissionais a se aperfeiçoarem. “Quem ganha com isso é o público, que terá produtos bem elaborados nas panificadoras do Amapá”, disse Sena. A premiação aconteceu nesta sexta-feira 30 de novembro, às 19h, na Feira do Empreendedor do Amapá.

Catálogo Mãos do Amapá com Identidade Maracá e Cunani, é lançado na Feira do Empreendedor
O Legado Cultural das Civilizações Maracá e Cunani como Identidade nos produtos do artesanato do Amapá, foi lançado num catálogo, nesta sexta-feira 30 de novembro, na Praça do Empreendedor. O objetivo é divulgar os resultados gerados no artesanato do Estado, a partir dos projetos iconográficos de ambas as civilizações.

O catálogo destaca peças feitas em cerâmica, madeira, fibras e sementes, produzidas em oficinas ministradas por consultores do Sebrae.  Segundo o presidente do Sebrae, Alberto Góes, “este é um momento impar, pois com muito estudo e pesquisas realizadas pôde se chegar a um resultado, onde nós estamos fazendo uma apropriação de referências e culturas que existiram a mais de dois mil anos no Amapá”, disse. 

Essas culturas que passaram pelo Estado, deixaram como registros urnas, grafismos e pinturas que estão sendo reconhecidas como Identidade do Amapá. “Hoje esses artesanatos já estão se tornado referência em outros estados”, afirma o presidente Alberto Góes.

“O Sebrae Amapá vem cumprindo seu papel como parceiro, mentor e gestor de projetos culturais contribuindo com a preservação do patrimônio do Estado, promovendo e incentivando ações que possibilitem mostrar nossa identidade cultural quem vem sendo construída e identificada como herança cultural”, concluiu o  presidente Alberto Góes.

Gestores das Feiras do Empreendedor do Brasil reúnem-se no Amapá
Coordenadores das Feiras do Empreendedor que foram realizadas no ano de 2007 estão reunidos no Amapá para a apresentação das pesquisas realizadas ao longo dos eventos no Brasil.  Vários aspectos foram abordados no teor dos estudos, perfil dos visitantes, público interno e externo, campos de atuação, entre outros. A partir do resultado dessa reunião, o grupo discutirá melhorias para o circuito das feiras em 2008.

“Nós queremos atender a contento, as demandas dos clientes que participam como expositor ou do candidato a empresário, que é o público forte desse circuito.”, informou a coordenadora nacional da Feira do Empreendedor, Andréa Faria. A troca de experiências, também é o ponto principal dessa reunião.  “A gente troca experiência e aperfeiçoa o processo, criando uma rede de colaboração”, disse a coordenadora. 

A reunião também serviu para que produtos da coordenação nacional fossem entregues aos gestores estaduais, entre eles constam documentos, informações e procedimentos que facilitam a gestão e promoção da Feira do Empreendedor. Uma novidade é a versão on-line da Feira do Empreendedor, um fórum de discussões. O produto dessa reunião será um documento de melhoria para ajudar o gestor no ano em que for executada a feira do seu estado.

Esse encontro ocorre uma vez ao ano para trabalhar planejamento e questões relativas a operação e execução da Feira. Normalmente, essa reunião é realizada na última edição do circuito nacional. Por isso, diz Andréa, “estamos prestigiando o Amapá que é a última feira do circuito de 2007” . A Feira do Empreendedor é um produto do Sebrae que tem um conceito único. Ela tem um foco determinado, uma linha estratégica, um raciocínio lógico de atuação voltada a promoção de oportunidades de crescimento e negócios para empreendedores ou candidatos a empresários. 

No Amapá ou no Rio Grande do Sul, as feiras têm uma linha lógica, um conceito nacional, uma comunicação padronizada, mas o conteúdo precisa se adaptar a cultura local.

Existe nos arquivos do Sebrae Nacional um histórico de pesquisas em todo o circuito. Análises de reação de impactos. “Hoje temos um programa na web que obriga todas essas pesquisas. No Amapá, durante a primeira edição realizada em 2005, foi elaborada uma pesquisa de opinião. Essa metodologia avalia o impacto para saber o que mudou na vida desses clientes. Hoje, nós conseguimos obter essas informações e trabalhá-las de acordo com a metodologia orientada para resultados”, disse Andréa Faria.

Índice de ocorrência policial na Expofeira caiu 33%

O índice de ocorrências policiais durante a 44ª Expofeira do Amapá e 2ª Feira do Empreendedor reduziu 33% em relação ao ano passado. Este ano o registro foi de  24 ocorrências contra 36, contabilizadas em 2006. A Expofeira do Amapá ocorreu de 24 de novembro a 2 de dezembro, no Parque de Exposições Engenheiro Antônio Roberto Ferreira da Silva, no Distrito de Fazendinha. 

 

Este ano, 300 policiais militares do Amapá fizeram o policiamento no Parque de Exposições, distribuídos em pontos considerados mais  críticos. Além disso, foram instaladas seis câmeras que monitoraram setores como Arena de Shows, Palcos, Arquibancadas, Estacionamento, Boate, Palco Alternativo, Parque Infantil, além de parte do trânsito da Rodovia Juscelino Kubistchek.

  

A estratégia de mudança no trânsito da Rodovia JK contribuiu para um fluxo seguro de mais de 10 mil veículos que trafegaram pela rodovia durante os nove dias de Expofeira sem congestionamento. A informação é do coronel da PM Pedro Paulo da Silva Rezende, responsável pelo policiamento durante o evento. O coronel também disse que o Batalhão de Operações Especiais (Bope) realizou revista dentro dos ônibus para evitar que pessoas armadas pudessem entrar na Expofeira.

 

Rezende afirmou também que as ocorrências registradas na Expofeira deste ano foram consideradas corriqueiras, incluindo casos de desordem, brigas e lesão corporal.

Prodemac providencia remanejamento de famílias instaladas irregularmente às margens do rio Amazonas

As famílias foram contempladas com lotes regularizados.

O Ministério Público Estadual, representado pelo Promotor de Justiça Roberto Alvares, juntamente com a Assessoria Técnica da Prodemac - Promotoria de Justiça do Meio Ambiente e Conflitos Agrários, reuniu, no dia 27 de novembro, no Centro de Mobilização do Bairro Perpétuo Socorro, com o Presidente da Associação dos Feirantes do Pescado do Perpétuo Socorro, Francisco Silva Frota Filho, e o Presidente da Associação de Moradores do Perpétuo Socorro, Jorge Cordeiro Pacheco, para tratar sobre o remanejamento das famílias que se encontram instaladas irregularmente às margens do rio Amazonas.

“A Prodemac tem trabalhado para a melhoria da situação dessas famílias”, disse o Promotor de Justiça Roberto Alvares, que, durante a reunião, acompanhou um sorteio de 25 lotes localizados no bairro Marabaixo e regularizados pelo IMAP - Instituto do Meio Ambiente, que contemplou 25 famílias cadastradas.

As famílias terão 30 dias para a construção de suas casas após a liberação dos recursos definidos pelo Governo do Estado, que, segundo informação do Secretário da SEINF- Secretaria de Infra-Estrutura, Alcir Matos, seria feita até o dia 5 de dezembro de 2007.

PAGAMENTO DO PIS ESTÁ DISPONÍVEL ATÉ JUNHO DE 2008

O pagamento do PIS, correspondente a um salário mínimo, está disponível até 30 de junho de 2008. Neste exercício (2007) ocorre o maior pagamento da história dos benefícios: serão liberados cerca de 11,73 milhões de Abonos Salariais, quase 20% a mais do que no exercício passado. Desse total de abonos identificados, ainda falta pagar 1,56 milhão, correspondentes a cerca de R$ 687 milhões.

Antes de ir aos locais de atendimento, é importante o trabalhador verificar primeiro se recebeu ou não os benefícios antecipadamente, por meio de crédito em conta. Para se certificar, basta olhar os extratos bancários de julho e novembro de 2007 e, também, os contracheques dos salários de julho, agosto ou setembro deste ano.  

Para os trabalhadores que não receberam os benefícios pelo crédito em conta ou no contracheque, o Abono pode ser retirado com o Cartão do Cidadão e senha nas máquinas de auto-atendimento, casas lotéricas e CAIXA Aqui, inclusive em fins de semana. Quem não tem o Cartão do Cidadão deve procurar uma agência da CAIXA e levar documentos de identidade e comprovante de inscrição no PIS.

Até hoje (06/12), a CAIXA registrou 86,85% de abonos pagos.

Entidades de assistência social privadas sem fins lucrativos no Brasil 2006

O IBGE divulgará amanhã, às 10 horas, no auditório da Av. Chile, com transmissão pela TV IBGE, a publicação As entidades de assistência social
privadas sem fins lucrativos no Brasil 2006, resultado de parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Participarão da entrevista coletiva a Secretária de Avaliação e Gestão da Informação do MDS, Laura da Veiga, representando o Ministro de Estado Patrus Ananias; a Secretária Nacional de Assistência Social do MDS, Ana Lígia Gomes; o Presidente do IBGE, Eduardo Nunes; a Diretora de Pesquisas, Wasmália Bivar; o Gerente da Gerência Técnica do Censo Demográfico (GTD), unidade responsável pela realização da pesquisa, Marco Antônio Alexandre; e a Gerente da GTD Maria de Fátima Lobo Augusto, além de técnicos da DPE envolvidos com o projeto.

A publicação impressa terá um CD-ROM com o arquivo em formato PDF e as suas 35 tabelas em excel, além de 17 outras tabelas. Todas as informações ficarão disponíveis no portal do IBGE na internet.

No Amapá, não haverá lançamento.

Feira de Livros de 5 a 7 de dezembro no Sesc Araxá

De 5 a 7 de dezembro o SESC/AP realizará a Feira de Livros no Centro de Atividades Araxá, com a temática Água. A feira tem o objetivo de
incentivar a leitura e aproximar adultos e crianças do mundo dos livros através de múltiplas atividades que contextualizam a temática e o cotidiano.

Serão realizadas as seguintes oficinas: Aquarela das Palavras, Armazém dos Brinquedos, Hora do Conto, Jogos de imagens e sons e Estação do Cinema, todas direcionadas para o público infantil, que contam, não só com a literatura, mas com a interação de linguagens artísticas como
Artes Plásticas, Artes Cênicas, Cinema e Música e também com a modalidade de Recreação.

Para os adultos, serão realizadas as seguintes oficinas: Ser brasileiro ou ser poeta: a parede literal e metafórica de Cruz e Souza e Silvio Rodriguez: Cuba y sus canciones, por Márcia Barbosa (MT); e O signo da palavra, pelo poeta Cláudio Bento (MG).

A comunidade presente terá oportunidade de ler, ouvir e também de contar histórias com a atriz Patrícia Andrade; perceber os movimentos do corpo; abrir diálogos para dançar poemas, criar e também dramatizar seus próprios textos e participar ativamente do Mercado das Letras onde os livros, além de lidos vão ser trocados, sorteados, presenteados, doados, etc...

A feira acontecerá de 8h às 12h, das 14h às 18h e das 18:30 às 21:30.

As oficinas para os adultos (acadêmicos de letras, pedagogia, história e pessoas interessadas), acontecerão nos seguintes dias e horários: Márcia Barbosa: Ser brasileiro ou ser poeta – dia 5/12, das 14:30 às 17:30, no Núcleo de Desenvolvimento Técnico (NDT) – gratuita, 25 vagas disponíveis (inscrições na hora). Oficina Silvio Rodrigues – dia 6/12, das 14:30 às 17:30, no NDT – gratuita, 25 vagas. Cláudio Bento: O signo da palavra – dias 5 e 6, das 15h às 18h e no dia 7 mostra da produção poética da oficina (livro com poemas dos
participantes) – 15 vagas.

Termo de Ajustamento é firmado para licenciamento ambiental
O Ministério Público Estadual (MPEA), em parceria com o Ministério Público Federal (MPF), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA), Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA) e Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (IMAP), firmaram, no dia 3 de dezembro, Termo de Ajustamento de Conduta para elaboração do Licenciamento Ambiental de Projetos de Assentamentos da Reforma Agrária implementados pelo Incra no Estado do Amapá.

O Promotor de Justiça Roberto Alvares foi quem participou da assinatura do Termo de Ajustamento, que prevê o desenvolvimento sócio-ambiental dos projetos de assentamento, buscando a regularização do licenciamento ambiental dentro das Leis e Resoluções do Conselho Nacional de Meio Ambiente - Conama.

O Termo de Ajuste estipula o prazo máximo de 2 (dois) meses para o ingresso das solicitações de licenciamento dos assentamentos, com a criação de um Grupo de Trabalho Permanente, constituído por representantes indicados pelas instituições compromissadas, com a missão de realizar reuniões avaliativas relacionadas à execução das cláusulas referentes ao Termo. A avaliação será encaminhada ao Ministério Público Federal e Estadual para análise.

O descumprimento ou violação do compromisso por parte das instituições implicará a execução judicial prevista na legislação, por meio do MPEA e MPF.
Simpósio Interdisciplinar de Fonoaudiologia

Alieneu Pinheiro

 

No dia 9 de dezembro os profissionais em Fonoaudiologia comemoram o seu dia. Para celebrar a data, a Faculdade Seama promove o I Simpósio Interdisciplinar de Fonoaudiologia. A programação acontecerá no sábado, 8, com palestras e mesas redondas sobre assuntos relacionados à área.

 

Segundo a coordenadora do curso, Michelle Ferreira, o evento servirá para divulgar a atuação do fonoaudiólogo junto a outros profissionais. “O intuito do evento é reunir acadêmicos e profissionais para que estes possam discutir por meio de palestras e mesas redonda a atuação fonoaudiológica junto aos profissionais da área da saúde e da educação” explica.  

O profissional de Fonoaudiologia cuida dos distúrbios da fala, audição, escrita, leitura e demais problemas que afetam a comunicação humana. O dia 9 foi estabelecido como data de comemoração, por ser o dia que a profissão foi regulamentada através da Lei nº. 6.965/81.

 

O campo de atuação para este profissional é extenso, podendo exercer suas funções em clínicas, hospitais, postos de saúde, escolas e instituições especializadas. Além disso, ele desempenha importante papel na integração social de pessoas com deficiências.

Camilo Capiberibe aprova Projeto de Lei que visa previnir acidentes por escalpelamento

No dia 22 de novembro, uma Audiência Pública na Assembléia Legislativa discutiu o drama que vive as vítimas por escalpelamento nas regiões ribeirinhas do Amapá. Mais de duzentas pessoas das quais cerca de 65% de crianças, 30% de adultos na faixa-etária produtiva e 5% de idosos com mais de 60 anos se acidentaram nas pequenas embarcações utilizadas para o transporte no Amapá.

O acidente ocorre quando a mulher (grande parte das pessoas vitimadas são do sexo feminino) ou a criança que possui longos cabelos se abaixam próximas ao eixo que move a embarcação, e tem seus cabelos capturados e puxados com uma força descomunal o que arranca em segundos o couro cabeludo, parcial ou totalmente.

 

Foi a partir desta constatação e do depoimento emocionado da presidente da Associação das Mulheres Ribeirinhas e Vítimas do Escalpelamento, Maria do Socorro Pelaes Damasceno, que afirmou ter sofrido e que ainda sofre todo tipo de preconceito por conta de sua aparência causada pelas cicatrizes do acidente, que o deputado estadual Camilo Capiberibe (PSB), aprovou, por unanimidade, na manhã desta terça-feira, 04, Projeto de Lei nº. 0094/07-AL, que determina o uso obrigatório da carenagem de proteção sobre o eixo do motor nas embarcações em todo o estado do Amapá.

 

O PL, que agora será encaminhado para sanção do governador Waldez Góes, sugere a regulamentação em até 60 dias, e consequentemente, a fiscalização das embarcações para evitar o descumprimento da Lei, podendo os proprietários das mesmas ser advertidos através de uma multa com valor a ser definido pelo Poder Executivo.

 

O líder do PSB no Parlamento do Amapá, legislador Ruy Smith, sustentou a importância do projeto apresentado pelo deputado Camilo Capiberibe. ”Este projeto deve ser garantido para evitar que mais vítimas por escalpelamento entrem nas tristes estatísticas de nossas regiões ribeirinhas”.

 

Lei Federal – A deputada federal Janete Capiberibe (PSB) também vem travando uma luta intensa em relação aos acidentes por escalpelamento, em Brasília. Através de emenda parlamentar individual, a socialista disponibilizou R$ 100 mil para que a Marinha possa ter mais subsídios com relação à fiscalização das embarcações. O Projeto de Lei 1531/2007, que prevê a mesma obrigação que consta no PL do deputado Camilo, também já está a caminho de ser concretizado através de Lei Federal. O PL já foi aprovado na Comissão de Transportes da Câmara Federal.

 

O deputado Camilo Capiberibe finalizou afirmando que os acidentes são “infelizmente uma trágica realidade da Amazônia. Com o PL aprovado, esta Casa de Leis está dando um enorme passo para que nosso povo ribeirinho possa estar protegido, pois queremos impedir que mais pessoas sofram o trauma de serem vítimas do escalpelamento”. O socialista ainda enfatizou que “o Amapá tem a possibilidade de ser o primeiro estado do Brasil e da Amazônia a possuir uma Lei desta magnitude, e estaremos, desta maneira, oferecendo uma resposta à altura do que a sociedade nos pede”. O projeto vai agora para sanção e regulamentação governamental.

Amapá é terceiro lugar na Copa Universitária de Judô

Joicilene Santos

O Amapá conquistou a terceira colocação na Copa Aurélio Miguel de Judô Universitário. O acadêmico do curso de Fisioterapia da Faculdade Seama, Moacir Junior Ferreira de Souza, representou o Estado e garantiu a conquistou a terceira colocação do campeonato.

A Copa Aurélio Miguel aconteceu entre os dias 1 e 2 de dezembro em Salvador-BA. Os atletas amapaenses que participaram receberam o apoio da Federação Acadêmica que custeou as passagens dos atletas. Durante a Copa, foram selecionados atletas para o Sulamericano Universitário de 2008, na Colômbia.

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, AMAPA, MACAPA, PERPETUO SOCORRO, Homem, de 36 a 45 anos, French, English, Livros, Cinema e vídeo
Outro -
Visitante número: