A frase
"Os primeiros quarenta anos de vida nos dão o texto; os trinta seguintes, o comentário."
(Schopenhauer)
"Ou vai ou racha"
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recorreu a uma das frases extraídas da fala popular para cunhar o que soa como slogan para seu segundo governo: "Agora, ou vai ou racha", disparou Lula ao discursar em sessão plenária do encontro anual 2007 do Fórum Econômico Mundial. Estava falando da necessidade de modernização dos portos, como parte do esforço de crescimento acelerado. Em entrevista coletiva, estendeu o "vai ou racha" ao crescimento econômico como um todo. "Não há nenhuma razão para o Brasil não crescer", afirmou. Qualificou também o crescimento, ao comparar dados do período Juscelino Kubitschek (1956-61) e do chamado "milagre econômico" do regime militar (1968-73). No primeiro, pelas suas contas, o crescimento foi na média de 7% ao ano, três vezes mais que a média do primeiro período Lula, mas "com inflação de 23%".
Sem energia
A Eletronorte informa que haverá desligamento de energia neste domingo, 28, das 7h às 13h, nos alimentadores Fortaleza, Vila Maia e Icomi (em Santana).
É para a realização de manutenção corretiva nos equipamentos da Subestação Portuária. Em consequência dos serviços vai faltar energia na Área Comercial, Vila Daniel, Vila Elesbão e Ilha de Santana.
O fornecimento de energia poderá ser normalizado antes do horário previsto. O desligamento não afetará nenhum local de provas do vestibular da Unifap.
Tomara que não.
Prestando contas
Depois que seus adversários políticos espalharam release dando conta de que ele teria beneficiado delibe-radamente o Pará, em uma de suas emendas, o senador Papaléo Paes (PSDB-AP) resolveu contra-atacar:
Mandou sua assessoria distribuir aos jornalistas um documento com a citação das emendas individuais que ele propôs ao Orçamento Geral da União deste ano.
Segundo o documento, foram R$ 6 milhões em emendas, que contemplam todos os 16 municípios e vários órgãos públicos.
Teve ainda R$ 40 milhões de emendas de bancada para o Governo do Estado.
Mestre
Está decidido. O deputado Randolfe Rodrigues (Psol) vai mesmo dar aulas numa faculdade particular depois que deixar o Parlamento. O parlamentar já avisou que deixa a Assembléia - temporariamente - mas não abandona a política, caminho pelo qual pretende chegar à Prefeitura daqui a dois anos.
No deserto
Os moradores do bairro Cuba de Asfalto estão como Moisés, no deserto: há anos não vêm uma gota de água nas torneiras, durante o dia.
O produto só chega - quando chega - às casas de madrugada, mas logo some dos canos.
O pessoal já fez vários abaixo-assinados para pedir providências à Caesa, mas até agora nada foi resolvido.
Outro problema que o bairro enfrenta diz respeito ao lixão que se formou no canteiro de obras abandonado pela Prefeitura, em pleno leito da Av. Treze de Setembro, a principal via de acesso ao bairro.
O lixo acumulado atrai ratos, cobras e baratas. Alguns moradores já começam a apresentar sintomas de doenças do lixo.
Jurados (1)
Sai nesta quarta-feira (31) a lista dos nove jurados que vão trabalhar durante o Festival de Samba de Enredo, sábado (3), no Sambódromo.
É gente ligada à música.
Três quesitos serão observados no concurso: letra, arranjo e melodia.
Nenhum dos jurados faz parte do antigo time de 70 “notáveis” que a Liesa mantinha em seus cash.
Jurados (2)
O Conselho de Representantes da Liesa - formado por líderes das escolas de samba - anuncia dia 6 de fevereiro (uma terça-feira) os nomes dos 46 jurados escolhidos para o desfile deste ano, no Sambódromo.
Serão 36 titulares e 10 reservas.
Os candidatos foram escolhidos entre pessoas que não têm qualquer ligação com escolas de samba. E nunca participaram de julgamentos do gênero em Macapá.
Os antigos 70 jurados que a Liesa possuía foram dispensados pelo Conselho de Representantes da Liga.
Abadás
Os blocos carnavalescos ligados à Abloca continuam vendendo abadás para a programação paralela que haverá após a passagem da banda, como parte do “Indoor Fest”, que haverá em Macapá.
Preparativos
Quem se prepara para reassumir uma cadeira na Assembléia Legislativa é o médico-deputado Manoel Brasil - atualmente no PMN, mas que deve se mudar para o Partido Progressista (PP) a convite do vice-governador Pedro Paulo.
A frase
“O presidente Chávez (Hugo Chávez, da Venezuela) não
representa uma perturbação
para a América Latina”.
(Lula)
Culpa de São Pedro
Os produtores de arroz, do Amapá, já têm um culpado para a queda de 40% na safra deste ano: São Pedro. Sim, o santo católico tido e havido como o “manda-chuva” e o porteiro do céu.
É que bem na hora em que os rizicultores mais precisavam de chuva, em dezembro, quando plantaram dois mil hectares de arroz, São Pedro resolveu fechar as torneiras do céu e não mandou uma gota sequer de água.
Resultado: a lavoura não se desenvolveu e os produtores sabem que vão amargar prejuízos superiores a 70% do investimento.
Com isso, está aberta a temporada de importação de arroz. Suspeita-se que o preço pode subir, de agora em diante.
A verdade da dengue
Enquanto Prefeitura, Secretaria de Saúde e Funasa brigam para adequar os números da dengue, os casos da doença atingem estatísticas alarmantes.
No bairro Ipê - zona norte de Macapá - mais de 250 pessoas foram acometidas pela dengue até agora. No conjunto Hospital de Base há casos suspeitos de dengue hemorrágica.
Técnicos da Funasa já classificam as cocorrências do Loteamento Ipê como endêmicas. Isto é: a doença se instalou por lá e está difícil de sair.
Na contramão da história, a Prefeitrura diz que os casos de dengue diminuíram. Funasa e Sesa, por sua vez, atestam que a doença está se proliferando na periferia.
Dupla jornada de trabalho
A deputada estadual Roseli Matos (PCdoB), cujo maridão é vice-prefeito de Santana, conseguiu um emprego novo: o de secretária municipal de cultura, desporto e lazer, de Santana.
O anúncio foi feito pelo prefeito Antonio Nogueira (PT), na quinta-feira.
Roseli acumula a duas funções, de secretária e deputada estadual até quarta-feira, 31, quando acaba seu mandato na Assembléia Legislativa.
A secretaria que ela vai comandar é uma das que têm o maior orçamento municipal.
Roseli está cheia de planos para “dinamizar”, como disse, o órgão. O marido deu uma força para a patroa conseguir o posto.
Pajelança
O presidente Lula assinou o decreto que institucionaliza o uso de plantas medicinais como alternativa ao tratamento médico convencional. Mas a oficialização do tratamento natural não legaliza a pajelança, como muitos pensam. Haverá critérios para o uso de plantas e chás na cura de doenças.
Má notícia
Ao mesmo tempo em que anunciou uma boa notícia para os ambientalistas, o IBGE trouxe uma preocupação para os governantes amapaenses:
85% da população do Estado vivem nas áreas urbanas. Isso significa mais problemas com desemprego, falta de moradias, favelização das cidades e ausência de políticas públicas de saneamento, etc.
Em Macapá, Santana, Oiapoque e Laranjal do Jari não existe mais áreas adequadas para expansão urbana.
Mas a pior notícia é que o processo de “invasão” dos centros urbanos vai conti-nuar acelerado.
Os pesquisadores estimam que o crescimento populacional caminhe beirando os 6% ao ano, daqui pra frente.
Sem queimadas
O Amapá continua sendo o Estado mais preservado do país, segundo levantamento do IBGE, que até publicou mapas para mostrar a quantas anda o processo de queimadas e desmatamentos na Amazônia.
O Amapá tem apenas 0,5% de sua cobertura vegetal desmatada.
O assunto deveria ser motivo de orgu-lho para as instituições oficiais.
Daria até mote publicitário para vender uam boa imagem do Estado lá fora. Mas nossos marqueteiros ainda não despertaram para o tema.
A sombra
Os Borges juram que não estavam com nenhuma segunda intenção quando convidaram a deputada Meire Serrão (ex-PT do B) para se filiar ao PMDB.
Escapou para a imprensa que o clã queria dar uma lição no deputado Edinho Duarte, também peemedebista, que está tentando ficar com a vaga de 1º vice-pre-sidente da Assembléia Legislativa. E teriam convocado Meire para fazer “sombra” a ele.
O próprio Edinho esclareceu que a relação pessoal Gilvam-Geovani vai bem, obrigado.
A disputa por uma vaga na Mesa Exe-cutiva da AL continua. Agora, com Meire Serrão querendo também a 4ª vice-presidência.
O PMDB tem, agora, quatro candidatos à Mesa: Edinho, Dalto, Francisca Favacho e Meire.
Sarney se livra
O Supremo decidiu extinguir a petição em que o ex-governador do Maranhão José Reinaldo Tavares (PSB) pedia que o senador José Sarney fosse interpelado judicialmente para esclarecer afirmações consideradas ofensivas a ele, feitas em coluna de autoria de Sarney, no jornal "O Estado do Maranhão".
Disputa
Até agora, apenas dois candidatos disputam a vaga a ser aberta com a aposentadoria de Fernando Garcia, no TCE:
o deputado estadual Paulo José (PL) e o ex-procurador-geral do Estado, Ricardo Oliveira (PDT).
Cultura inútil
Não que seja imprescindível para o progresso da ciência, mas é sempre bom saber: o Brasil não é mais a terceira maior democracia do mundo. Perdeu seu posto para - pasme! - a Indonésia, aquele país que não tolera as liberdades política e religiosa, e onde os “caçadores de cabeças” matam quem não se alinha ao animismo, a religião tribal deles.
Veja o ranking das maiores democracias:
1º) Índia - 1,1 bilhão de habitantes. 668 milhões de eleitores.
2º) Estados Unidos - 298 milhões de habitantes. 215 milhões de eleitores (voto facultativo).
3º) Indonésia - 235 milhões de habitantes e 155 milhões de eleitores.
4º) Brasil - 182 milhões de habitantes. 125 mi-lhões de eleitores.
5º) Rússia - 141 milhões de habitantes. 100 mi-lhões de eleitores (voto facultativo).
Burrice tem limites
Ou o presidente Lula - com o devido respeito que o cargo merece - é um perfeito idiota, ou completamente dissimulado.
Não há outra explicação para a mais nova mancada dele. Ao anunciar o seu Plano de Ace-leração do Crescimento (PAC), Lula mudou a nomenclatura de desmatamento.
Agora, pela “cartilha” que os ministros do presidente mandaram ele “rezar”, desmatamento chama-se “expansão das fronteiras agrícola e mineral”.
Ou seja: mudaram o palavreado para ludi-briar os menos entendidos. No final, o PAC está institucionalizando o desmatamento da Amazônia e do cerrado brasileiro.
Ou Lula não entendeu o que estava lendo, ou é um tremendo “pau-mandado”. Logo ele que, no primeiro mandato, arvorou-se de defensor do meio ambiente.
Lixão
O Ministério Público Federal proibiu a Prefeitura de Calçoene de despejar lixo na lixeira pública à céu aberto, ao longo da BR-156, próximo à sede do município. E sugeriu a construção de um aterro sanitário comum para os municípios de Tartarugalzinho, Amapá e Calçoene.
Homenagens
Méritos para a equipe de jornalismo da TV Amapá, capitaneada pelo companheiro Arilson Freires, que homenageou, com uma excelente reportagem, os pioneiros da emissora pela passagem de 32 anos de instalação do Canal 6 em Macapá.
Sebastião Oliveira, Humberto Moreira, Damião Jucá e Alberto Uchôa se emocionaram com a confraternização oferecida pela emissora.
Além de relembrar os tempos de pioneirismo do jornalismo local, o quarteto teve oportunidade de experimentar as novidades tecnológicas colocadas à disposição da nova geração de jornalistas da TV Amapá.
“Sabá” e Humberto até apresentaram um jornal de mentirinha.
Doença da fome
Quase 50 pessoas pobres da região sul do Maranhão, principalmente de Imperatriz, já morrendo de beribéri - uma doença diagnosticada como “mal da fome”, e que ataca as pessoas que têm deficiência de vitamina B1.
Nos idos de 40 e 50, garimpeiros das regiões de Calçoene e Oiapoque (no Amapá) também foram acometidos de beribéri. Muitos perderam a vida em decorrência da doença.
As autoridades de saúde pública do Maranhão estão preocupadas com a situação das populações pobres do Estado - muitas famílias comem apenas arroz e feijão. Nada mais.
Estados do Amapá e Pará podem vir a ser invadidos por levas de migrantes.
Marmitão, não!
O prefeito José Carlos “Marmitão”, de Mazagão, ligou para a coluna para pedir repação na nota publicada ontem, segundo a qual a Controladoria-Geral da União (CGU) teria denunciado alguns prefeitos por improbidades administrativas, inclusive, o de Mazagão.
Na verdade, a CGU denunciou, sim, os ex-prefeitos de Mazagão Alcides Gomes dos Reis e José Odair da Fonseca Benjamim.
“Marmitão”, o atual prefeito, no entanto, não foi denunciado pela Controladoria.
Tá feito o reparo.
O preferido
Ricardo Oliveira é o nome mais cotado para substituir o conselheiro Luiz Fernando Pinto Garcia, no Tribunal de Contas do Estado (TCE).
O rapaz tem a simpatia do governador Waldez Góes e de seu grupo, além de contar com a ajuda do presidente do tribunal, José Júlio de Miranda Coelho.
O problema é que a vaga a ser aberta com a aposentadoria (por tempo de serviço) de Fernando Garcia é da Assembléia Legislativa, que tem preferência por outro nome: o do deputado estadual Paulo José (PL).
Ricardo Oliveira, ex-procurador geral do Estado, articula, nos bastidores, sua indicação ao cargo.
Leia mais...
As notícias publicadas aqui também estão na coluna "Izael Marinho", diariamente na página 2 do caderno de Política (2º Caderno), do jornal Diário do Amapá.
Além das notinhas, há fotografias das principais notícias e, vez por outra, quando o Honorato Jr. não está com preguiça, aparece também uma charge dos principais fatos.
É só conferir.
Grito Rock Amapá
O Coletivo Palafita reuniu a imprensa ontem, 24, para uma entrevista coletiva no Parque do Araxá.
O assunto foi o “Grito Rock Brasil”, evento que terá sua edição amapaense, que ocorrerá simultaneamente em 20 cidades brasileiras.
No Amapá, o Grito Rock acontecerá no Sesc Araxá nos dias 17 e 18 de fevereiro com atrações nacionais do Circuito Fora do Eixo.
Dezesseis bandas de rock progressivo já estão confirmadas para o evento - oito em cada noite da programação.
Disputa acirrada
Continua indefinido o nome de quem vai ocupar a 1ª vice-presidência da Assembléia Legislativa, cujo presidente continuará sendo Jorge Amanajás (PSDB).
A eleição acontecerá dia 2 de fevereiro e a disputa pela vice-presidência está entre Edinho Duarte, Dalto Martins e Francisca Favacho, todos pertencentes ao PMDB.
É que o partido ganhou o direito de indicar o nome que vai ocupar o segundo mais importante cargo na nova Mesa Diretora da AL, a partir de fevereiro.
Edinho Duarte conta com a simpatia de Amanajás, mas isso não é suficiente para garantir seu lugar na Mesa, já que Dalto Martins também tem simpatizantes dentro da Assembléia. Por sua vez, Francisca Favacho - que não arreda pé da disputa -, corre por fora e promete jogar areia na paçoca dos dois.
Se não houver consenso, o próprio partido vai definir o nome do felizardo.
De olho na prefeitura
Macapá foi a única capital de Estado, entre os 60 municípios sorteados para investigação pela Controladoria-Geral da União (CGU), onde foram identificados indícios de superfaturamento na aquisição de medicamentos, pela Prefeitura. Em alguns casos, a diferença chegou a 315%.
O assunto faz parte de um relatório de 219 páginas que a CGU produziu entre 30 de março e 9 de maio do ano passado.
Além de Macapá, a Controladoria-Geral já investigou e constatou irregularidades nos municípios de Mazagão, Oiapoque, Ferreira Gomes, Santana e Laranjal do Jari. Os prefeitos desses municípios, bem como os secretários municipais, foram denunciados ao Tribunal de Contas da União (TCU).
Sem ônibus
Os moradores do bairro do Pacoval não agüentam mais a falta de ônibus pela manhã. É que todas as linhas que passam pela região, cujas viagens iniciam no Novo Horizonte, Jardim ou Brasil Novo, chegam ao Pacoval com os veículos lotados e acabam passando sem apanhar os usuários.
Camapu
Ontem, quarta-feira, o Bloco Camapu, de Santana, ofereceu à imprensa um coquetel para lançamento de sua temporada carnavalesca.
O coquetel aconteceu a partir das 19h, na loja do bloco localizada na avenida Rio Branco.
Mudança
O prefeito de Santana, Antônio Nogueira, anuncia hoje, às 9h, na Câmara de Vereadores daquele Município, os nomes dos novos ocupantes dos cargos de primeiro e segundo escalões.
Vem novidade por aí. Mas Nogueira prefere manter segredo até a hora do anúncio.
Brincadeira cara
A polícia tem que prender os engraçadinhos que ficam passando trotes para o Samu, o Corpo de Bombeiros e até para o Bope. Ontem, um irresponsável telefonou para o serviço de “ambulancha” do Samu informando sobre um suposto parto de risco na região das ilhas. O pessoal arregimentou dois médicos, um enfermeiro, piloto, lancha, etc, e, chegando lá, não tinha nada de mulher querendo dar à luz. Resultado: a conta da brincadeira vai para o bolso do contribuinte.
Olha o golpe!
Uma empresa de consultoria paulista, a Lista Neg Empresarial, que tem uma carteira de quase cem clientes no Amapá, está sendo acusada de golpes na praça.
Ela teria enganado pelo menos 56 empresas no Amapá, e outras 650 no Pará.
Dentre as empresas amapaenses ludibriadas pela Neg, estão: os escritórios da CEA em Mazagão e Tartarugalzinho, uma grande empresa de Oiapoque e a Casa da Hospitalidade de Santana.
A Lista Neg oferece serviços de consultoria e cobra os olhos da cara pelo trabalho, que nunca executa. As empresas só descobrem a arapuca em que se meteram quando chega o boleto bancário com a primeira cobrança. Depois de receber o dinheiro a Neg some do mapa tão rápido quanto apareceu.
Tiro no pé
A vereadora Helena Guerra (PFL), presidente da Câmara Municipal de Macapá, acaba de dar um tiro no próprio pé.
É que ela criou uma comissão de investigação para "passar" a limpo as contas do ex-presidente da Casa, Leury Farias (PCB). A tal comissão jura que encontrou indícios de irregularidades administrativas.
Se se comprovar algum deslize, a ex-Mesa Diretora será denunciada ao Ministério Público.
Até aí, nada de mais, se a própria Helena Guerra não fosse a vice-presidente da Mesa que agora ela quer denunciar.
Eu hein!
Para bom entendedor...
Uma nota pertinente: não confunda o Sindicato dos Jornalistas, entidade classista que defende os direitos trabalhistas da categoria, presidido pelo companheiro Volney Oliveira, com o Clube da Imprensa, do companheiro Jara Dias, que é um clube social. Um não tem nada a ver com o outro. Entendido?
A frase
"Nossos filhos devem possuir as mesmas coisas que as outras crianças, mas eles devem também ser privados daquilo que falta às outras crianças".(Ernesto Guevara, o Che)
Fique alerta!
Acontece na primeira quinzena de fevereiro a licitação para concessão de linhas de ônibus e - supostamente - substituição de algumas empresas. Vazou para a imprensa denúncia de um propinódromo está sendo aberto por lá, a fim de cobrar 30% de quem vencer o certame.
Com a palavra, o Ministério Público e a Polícia Federal.
O retorno
Olá, galera!
A partir desta sexta-feira, 26, o blog estará novamente atualizado. Portanto, as notícias que forem censuradas lá na minha coluna do Diário do Amápá, serão publicadas aqui, sem resrições. No lugar das notas "cortadas" pela direção do jornal, lá na coluna, serão publicadas receitas de bolo, chá, panetone, etc...
Mas as matérias cesuradas lá, serão publicadas aqui. Aguarde!
[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, AMAPA, MACAPA, PERPETUO SOCORRO, Homem, de 36 a 45 anos, French, English, Livros, Cinema e vídeo
Outro -
Visitante número: