Indeciso

Lula disse, em jantar com integrantes do PMDB, que só decidirá se é candidato à reeleição em junho. Até lá, não falará sobre eleições e se concentrará em divulgar dados do governo.

Salário mínimo

O presidente Lula afirmou ontem que o novo valor do salário mínimo será decidido na próxima terça-feira. Lula disse estar "tranqüilo" quanto a um acordo com sindicalistas.

Mensalão

A briga dos órgãos de imprensa pela publicação da lista do “mensalão” e “mensalinho”, pagas pelo Setentrião, vai esquentar a partir desta segunda-feira, 23, quando o Ministério Público começa a convocar editores e proprietários de jornais para explicar onde conseguiram os documentos que comprovam a farra com o dinheiro público. A Promotoria de Defesa da Cidadania já avisou que não restará pedra sobre pedra que não seja fuçada.

Bola cheia

Três rapazes da escolinha de futebol da PM, intitulada Projeto Campeões do Amanhã, passaram na disputadíssima “peneira” das divisões de base do Flamengo (Rio) e Paysandu.

Agora, os garotos vão passar por uma fase de avaliação de dois meses, antes de serem integrados oficialmente aos dois clubes.

Outros podem ser aproveitados.

Nepotismo

Na volta do recesso parlamentar, dia 15 de fevereiro, o deputado estadual Randolfe Rodrigues (P-SOL) promete protocolar projeto que põe fim ao nepotismo no Legislativo. No Judiciário, o emprego de parentes sem concurso público já está proibido. No Executivo, alguns gestores ainda resistem, mas a tendência é que o nepotismo seja mesmo banido. Só falta no Legislativo.

Inadimplentes

Até ontem, 550 candidatos que participaram das eleições municipais de 2004 ainda estão inadimplentes com a Justiça Eleitoral.

É que eles não prestaram contas de seus gastos de campanha até agora.

Fraude

Em Macapá, um supermercado, anos atrás, possuía até uma maquininha para adulterar o prazo de validade dos pacotes de café.

A fraude nunca foi descoberta.

Comida estragada

O Procon retirou das prateleiras de supermercados de Macapá e Santana, esta semana, vários produtos com prazo de validade vencido.

O material estava à venda, e algumas pessoas chegaram a passar mal depois de ingeri-los sem saber.

Risco na BR

Os passageiros de um ônibus da Amazontur, que fazia a linha Oiapoque-Macapá, nesta quinta-feira à noite, escaparam de um assalto.

Nas imediações de Lourenço, dois homens tentaram assaltar o veículo.

No Matapi

O material apreendido em Pirativa - instrumentos de laboratório - chegou por volta do meio-dia à rampa do Matapi, na estrada Macapá-Mazagão, onde uma carreta estava aguardando.

Iscas humanas

Ontem, o Ministério Público trouxe de Vila Pirativa, em Santana, o material apreendido pela Polícia Federal e que servia no projeto d epesquisa da malária, onde seres humanos eram usadas como “iscas” para apanhar carapanã.

...Mínimo

...para discutir o valor do piso salarial nacional para 2006 e a definição de uma política de longo prazo sobre o assunto. O ministro do Planejamento também será convidado.

Salário...

A Comissão Especial Mista do Salário Mínimo marcou para a próxima terça-feira (24), a partir das 14h, audiência pública com o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho...

Apego às férias

A deputada  Suely Campos (PP-RR), única a votar contra a redução do recesso parlamentar, disse ontem que agiu conscientemente e de acordo com suas convicções. Suely garantiu que ficou surpresa com o resultado da votação e disse que, nos bastidores, o sentimento era outro. A PEC que cortou o recesso em 35 dias foi aprovada por 466 votos favoráveis no primeiro turno. O segundo turno deve ser votado na próxima semana.

Sem devolução

Até ontem, nenhum parlamentar amapaense no Congresso Nacional havia aderido à ondea de devolução dos R$ 25 mil recebidos como extra pelas convocações extraordinárias, embora poucos deles tenham, de fato, comparecido ás sessões marcadas pelo Senado e Câmara.

Uns se defenderam dizendo que não é justo trabalhar nas férias e não receber nada por isso.

Investigação

Há quem diga que a visita da embaixadora da Suécia ao Amapá é mais do que uma simples cortesia.

Fala-se que Margareta Winberg veio saber, pessoalmente, que história é essa da troca de exames dos dois defuntos supostamente encontrados em Bailique, cujo corpo de um deles poderia ser do velejador suéco Nils Bo Bergman.

Ninguém quis falar sobre o caso.

Boa chance

Deputados ouvidos ontem pela co-luna acreditam que há boas chances de passar na Assembléia a proposta do de-putado Randolfe Rodrigues (P-SOL), que cortou pela metade as férias dos parlamentares: de 90 para 45 dias.

Fumacê

Começou a campanha de combate à dengue em Santana. Os tradicionais carros-fumacês já estão sendo usados para espantar os mosquitos. Uma mistura de água e óleo diesel é usada no trabalho.

Os números

Este ano, entre recursos da União e dinheiro do Estado, os 428 Caixas Escolares existentes nas escolas públicas vão receber nada menos que R$ 29 milhões. Muita gente já foi presa por desvio des-ses recursos, destinados a pequenas obras nas escolas.

Dois Washingtons

Chama-se Washington Picanço o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB. O outro Washington, o Caldas, é o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amapá. Que fique bem entendido!

Injustiça

Os advogados Wagner Gomes e Narson Galeno, que defendiam um reú, ontem, no Tribunal do Júri, pediram novo julgamento para seu constituinte, condenado com base em falso testemunho.

Inédito

Duas testemunhas que participavam de um julgamento, ontem, no Tribunal do Júri de Macapá, saíram do fórum presas por falso testemunho. Por 5 votos a 2 os jurados entenderam que os dois rapazes mentiram para prejudicar o réu.

Malária Falciparum

Dois casos de malária falciparum foram registrados na vila do Elesbão, em Santana. Considerado o tipo mais grave da doença, a falciparum ocorre com mais freqüência na África e nas regiões de garimpo. A população está aterrorizada.

 

Saiba mais...

No homem, só 4 espécies de plamódio (transmissor) produzem a doença: Plasmodium falciparum, vivax, malariae e ovale. A doença provocada pelo vivax é a mais freqüente e ocorre no mundo todo; pelo falciparum, predomina na África.

Pata-de-vaca

Depois que o Conselho Regional de Medicina fechou a clínica médica do Iepa, ano passado, onde se fazia expe-riência com seres humanos, muita gente que sofre de diabetes e que era tratada com “pata-de-vaca” - um fitoterápico - descobriu que a doença se agravou após o tratamento natural. Os casos estão agora sob investigação do MS.

Mixaria

Os organizadores do Rèveillon da Beira-Rio admitem: tomaram um prejuízo de cerca de R$ 50 mil. Os cachês de Araketu e Margarete Menezes quase os deixam na indigência, e por pouco eles não romperam o ano na miséria. Pior para os contribuintes, que vão ter que pagar a conta. Como perto de 100 mil pessoas prestigiaram a festa, a brincadeira saiu a 50 centavos por pessoa.

Pública ou privada?

As aulas nas escolas do governo só iniciam em março. Mas as matrículas que começaram segunda, 17, só vão até o dia 24. Sabe-se que algumas escolas estão cobrando taxas para matricular alunos. O Procon diz que é ilegal.

Desrespeito

Na mesma viagem que o velhinho foi posto pra fora do ônibus, seis outras pessoas que compraram passagem para Ferreira Gomes, no mesmo ônibus, também foram obrigadas a descer na BR.

Insensível

Um velhinho de 75 anos foi obrigado a descer no meio da estrada, do ônibus que faz linha Macapá-Calçoene, porque o motorista não quis entrar em Ferreira Gomes para deixá-lo, embora sua passagem indicasse aquele destino.

Cadê as vagas?

Hoje, 18, é o único dia de matrícula para alunos da 5ª Série, na Escola Ivone de Menezes. A fila para tentar uma vaga começou ontem à tarde. A direção da escola já avisou - antes mesmo de iniciar o processo de matrícula - que não há mais vagas.

Sem escola

Pais de alunos da Escola Maria Ivone de Menezes, no bairro Cidade Nova I, reclamam da falta de vagas para crianças da 1ª Série do Ensino Fundamental. Apenas 40 para mais de 200 candidatos.

Que raios!

Um raio foi o responsável pelo apagão de segunda-feira à noite (20h) nas subestações Macapá e Equatorial, que deixou as zonas Sul e Oeste de Macapá sem energia quase 1 hora.

Concurso público

Deve ser publicado esta semana o Edital do concurso público para a Prefeitura de Ferreira Gomes. Os vereadores de lá deram um jeito de limitar a participação de pessoas de fora, no certame...

 

Custo de vida

...Foi no ítem salários. Os valores oferecidos serão tão baixos que vão inibir a presença de gente de outros municípios. É que o custo de vida em Ferrreira Gomes é um dos mais altos do Estado. Não compensa pra morar em Macapá e trabalhar lá.

Síndome de totó

O Brasil tem seis bancos autorizados a estocar e captar ossos, cartilagens e tendões - chamados tecidos músculo-esqueléticos. Conta com 38 unidades capacitadas a fazer transplantes desses tecidos e cerca de 200 profissionais preparados para isso. Mesmo assim, a fila de pacientes com perda óssea - provocada por tumor, acidentes ou desgaste no caso de esportistas - à espera por um transplante é enorme, 2,5 mil pessoas no total. O mesmo para o tempo na fila, dois anos em média.

Na tentativa de mudar a situação, o Ministério da Saúde começou ontem a primeira Campanha Nacional de Doação de Ossos, com a distribuição de folhetos, cartilhas para crianças, depoimentos de artistas e peças teatrais.

O problema está no número de doações. Não existe um banco de dados nacional para saber quantas doações são feitas - os números vão ser organizados pela primeira vez neste ano.

Camuflagem

Ainda não é desta vez que micareteiros e carnavalescos vão fumar o cachimbo-da-paz.

Mesmo com a proibição de micareta no Circuito Beira-Rio, na mesma época do carnaval do Sambódromo, empresários do carnaval fora de época prometem manter a programação, mas com outro nome, para fugir dos rigores da Lei.

Apoio

O Partido Verde (PV), dos deputados Zezé Nunes e Manoel Mandi, deve mesmo se alinhar ao grupo de partidos nanicos que prometem levar apoio para alguma candidatura de centro-esquerda que desponte com mais possibilidades de eleição para o Go-verno do Estado. Os verdes não revelam o nome, mas admitem que já têm candidato praticamente definito para apoiar.

Greve de novo!

Cobradores e motoristas de ônibus  vão entrar em greve novamente no início de fevereiro. Pelo menos foi o que revelou sexta-feira o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Joinvile Frota.

Segundo Frota, os empresários do setor não estão respeitando os acordos firmados com os trabalhadores, principalmente no que diz respeito aos benefícios socias prometidos à categoria.

Cho-ro-rô

Desde que o governador Waldez pediu para que seus secretários-candidatos deixem os cargos, o clima de depressão baixou sobre alguns deles.

O cho-ro-rô deve se intensificar nesta semana, quando começam a se definir os novos nomes que ocuparão cargos no Primeiro Escalão.

O Palácio nega, mas já há negociações de bastidores com alguns partidos para um acordão pela governabilidade.

Eternidade

O homicida Maicon dos Santos Rodrigues, o “Maicon da Ponte do Copala”, vai passar os próximos 50 anos na cadeia.

Ele foi condenado pelo assassinato de dois rapazes, crime cometido dia 7 de dezembro de 2003, durante o show da banda “Calcinha preta”, na Aseel.

Se tiver bom comportamento, lá pelos idos de 2025 ele deve sair da penitenciária, já que foi condenado a cumprir pena em regime integralmente fechado.

Poder, pode, mas...

A Unimed esclareceu esta semana que é legal, sim, mandar pacientes de seu plano de saúde para tratamento em hospitais públicos.

Pode até ser, mas daí a cobrar por um serviço que já está sendo pago pelo SUS, é uma diferença bem grande.

Foi isso que o deputado Randolfe Rodrigues (PSOL) questionou nesta quarta, em documento enviado ao Minisério Público.

Segundo o parlamentar, enquanto a Unimed ocupa leitos de hospitais públicos com seus pacientes, centenas de pessoas ca-rentes ficam sem tratamento por falta de vagas.

Danos morais

Causou constrangimento, esta semana, a publicação dos va-lores que o Governo do Estado paga para jornalistas e veículos de comunicação, constantes da folha de pessoal da empresa de publicidade que detém a conta da mídia oficial.

Não pelos valores, bem abaixo até daqueles que o governo passado pagava, mais agressivamente em relação às veiculações nacionais, em revistas (Veja e IstoÉ) e em grandes jornais (Folha, Estadão e Correios). Mas, pelo constrangimento mesmo, porque “sub-valoriza” profissionais de primeira linha, como um radialista conhecido que, na bronca pelo que classificou de desrespeito à sua pessoa, sentiu-se ofendido porque lhe teria sido atribuido um minguado “jabá” de R$ 600,00. E que, por conta disso, coberto de razão, está prometendo acionar judicialmente os publicadores da notícia, dos quais vai exigir indenização por danos morais.

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, AMAPA, MACAPA, PERPETUO SOCORRO, Homem, de 36 a 45 anos, French, English, Livros, Cinema e vídeo
Outro -
Visitante número: